O Ferroviário de Maputo venceu, na noite deste sábado, o 1.º de Agosto (Angola), por 68-58, e carimbou o passaporte para a final da Taça dos Clubes Campeões de basquetebol.

Tendo em conta o percurso das duas equipas até às meias-finais, a equipa angolana (campeã em título), que ainda não tinha sido derrotada, era considerada a grande favorita.

Mas as locomotivas, campeãs de Moçambique, entraram em campo tranquilas e, com o apoio dos adeptos que lotaram o pavilhão do Maxaquene, foram gerindo a vantagem, embora as angolanas tivessem reduzido a desvantagem (chegou a ser de 23 pontos), mas mantiveram a calma e terminaram com margem folgada de 10 pontos.

Este domingo, o Ferroviário defronta o Interclube (Angola) na final, com quem perdeu na fase de grupos.

Uma curiosidade: as finais frente a equipas de Luanda são de boa memória para as moçambicanas, visto que Desportivo e Liga Desportiva foram campeãs africanas jogando diante do… Interclube.

Deixar uma Resposta