Parkim não se coibiu, depois de questionado sobre o que significava para si jogar ao lado de Dominguez, que é uma “estrela” e referência dentro e fora do país.

Aliás, o mesmo recordou que o “capitão” o tem ajudado na comunicação com o treinador e é acima de tudo prestativo em quase todos os aspectos.

Tem sido fenomenal estar ao lado de Dominguez. Ele é uma pessoa assim dentro e fora do campo. Muito antes de pensar em jogar com ele tive o privilégio, em diversas ocasiões, de privar com ele, trocando impressões.

Ele é uma pessoa respeitada pelos colegas. Pude testemunhar isso durante os primeiros dias que estivemos juntos e não só. Com certeza que ele será uma pessoa determinante para a minha evolução. Com ele só tenho a aprender.

A simpatia que ele granjeou cá é algo notável e admirável. Quero ser também respeitado como ele,sublinha o atleta, sob risos.

fonte: o desafio

Deixar uma Resposta